Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2011

Refrigerantes lights, cítricos e o benzeno

A Pro-teste, órgão de defesa dos direitos do consumidor, testou 24 amostras de refrigerante em laboratório e localizou benzeno, uma substância potencialmente cancerígena, em sete deles, assista ao vídeo abaixo:



Esta contaminação é questão de saúde pública e tem causado significativos protestos entre os defensores do ambiente e da saúde. Níveis de benzeno são regulamentados em água potável a nível nacional e internacional, e na água engarrafada nos Estados Unidos da América, mas apenas informalmente em refrigerantes. Os benzeno resulta da descarboxilação do conservanteácido benzóico na presença de ácido ascórbico (vitamina C) especialmente sob a ação de calor e luz.

As principais marcas de refrigerantes brasileiras se comprometeram a reduzir a quantidade de benzeno nas bebidas cítricas e light, após um termo de ajustamento de conduta (TAC) acertado com o Ministério Público Federal, informou neste sábado a Agência Brasil. O compromisso foi assumido por Coca-Cola, Schincariol e AmBev, re…

Esperança de novos tratamentos contra o câncer

Três cientistas que desvendaram o funcionamento do sistema imunológico vão receber o Nobel de Medicina de outubro de 2011. Os laureados são o luxemburguês Jules Hoffmann, o canadense Ralph Steinman e o norte-americano Bruce Beutler. O anúncio foi feito ontem, em Estocolmo, na Suécia.

O trio transformou a compreensão sobre como o organismo se defende de ameaças, revelando que existem duas linhas de defesa contra vírus, bactérias e outros invasores. Lars Klareskog, presidente da Assembleia do Nobel, disse que as descobertas do trio podem levar a novas vacinas contra infecções, já em desenvolvimento, o que é cada vez mais necessário em decorrência do aumento da resistência dos organismos aos antibióticos.

Espera-se que os princípios descobertos possam conduzir ainda a melhores tratamentos contra o câncer. O princípio é de estimular o próprio sistema imunológico a combater os tumores. Também poderão ser beneficiados pacientes com artrite reumatoide, diabetes, esclerose múltipl…

O Câncer de colo de útero, o que você precisa saber?

Em 2008, o médico alemão Harald zur Hausen foi laureado com o prêmio Nobel de Medicina por descobrir que o HPV (papilomavírus humano) causa o câncer de colo do útero, segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres.

A descoberta de Hausen, 74 anos, salvou a vida de milhares de mulheres. A partir dela, foi possível identificar os tipos de HPV responsáveis por 70% dos casos câncer de colo do útero e desenvolver uma vacina que previne o aparecimento dos subtipos que causam câncer. Mas o número de vidas salvas poderia ser muito maior, diz o médico. “Se há intenção de erradicar esse vírus, é preciso realizar um programa global de vacinação."                                                                   Zur Hausen, descobriu o HPV

Segundo ele, o grande problema, porém, é o preço elevado da vacina. “É extremamente cara”, critica. Para que seja eficaz, é preciso que sejam aplicadas três doses, antes do início da atividade sexual. Nos Estados Unidos, cada dose custa, em média, 120 …

Tinta utilizada em tatuagem também causa câncer

Reduzir Normal Aumentar Imprimir Telefones celulares, bebidas alcoolicas, formol, todos foram colocados como possíveis causadores de câncer. Ao que tudo indica, mais um item poderá entrar na lista dos elementos câncerígenos. Tintas usadas para fazer tatuagens podem ter substâncias químicas tóxicas causadoras de tumores.

A Food and Drug Administration (FDA), orgão americano responsável por fazer o controle de alimentos, medicamentos e cosméticos iniciou uma pesquisa para descobrir se há substâncias câncerígenas na tinta. Estudos publicados recentemente descobriram que as tintas podem conter uma série de substâncias duvidosas, incluindo alguns ftalatos, metais e hidrocarbonetos que são cancerígenos e desreguladores endócrinos.

Um produto químico usado para fazer a tinta de tatuagem preta chamada benzopireno é conhecido por ser um cancerígeno potente para a pele de animais. Tintas coloridas, muitas vezes contêm cádmio, chumbo, cromo, níquel, titânio e outros metais pesados qu…

TNBC - TRIPLE NEGATIVE BREAST CANCER - CANCER DE MAMA TRIPLO-NEGATIVO

Um estudo de coorte de 1.601 pacientes com câncer de mama, diagnosticados entre janeiro de 1987 e dezembro de 1997 no Hospital da Mulher College, em Toronto. Cânceres de mama triplo-negativo foram definidos como aqueles que foram receptor de estrogênio receptor negativo, progesterona negativo, e HER2 negativo. Concluíram que câncer de mama triplo-negativos têm um curso clínico mais agressivo do que outras formas de câncer de mama, mas o efeito adverso é transitório.
Até agora, a investigação tem firmemente estabelecido que pelo menos cinco subtipos de câncer de mama existe, cada um com diferentes características biológicas, os resultados clínicos e as respostas às terapias tradicionais.



Ela decorre da hiperatividade de um gene chamado LRP6 (lipoproteína de baixa densidade de proteína receptor-relacionados 6), que estimula uma via de crescimento celular, importante sinalização. LRP6 can be inhibited by a protein discovered in the same laboratory, which could become an effective drug a…

Formol pode causar câncer nas vias respiratórias

Agência norte-americana alerta para sério risco da exposição ao produto usado nas escovas progressivas

POR PÂMELA OLIVEIRA
Rio - A busca por cabelos lisos pode acabar de forma trágica e dolorosa. O formol — usado ilegalmente no Brasil como alisante em escovas progressivas e outros tratamentos capilares — é cancerígeno. Ou seja, é capaz de alterar as células e levar à formação de tumores, principalmente nas vias respiratórias (áreas da garganta e nariz). O alerta foi feito ontem pelo FDA, órgão americano que regulamenta remédios e alimentos (http://www.fda.gov/).
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), clientes e cabeleireiros que usam formol correm risco de desenvolver a doença. “O câncer precisa de um agente indutor e o formol é comprovadamente cancerígeno. A principal via de absorção é através da respiração”, explica Ubirani Otero, chefe da área de câncer ocupacional do Inca.
De acordo com ela, alguém que se submete ao alisamento com formol uma vez pode desenvolver este tipo…

Falando sobre o celular

A epidemiologista Devra Davis lidera uma cruzada para fazer as pessoas deixarem o celular longe de suas cabeças. Convencida de que a radiação emitida pelo aparelho lesa a saúde, ela escreveu "Disconnect" (sem edição no Brasil), cuja base são pesquisas que começam a mostrar os efeitos dessa radiação no organismo. Nesta entrevista, ela também perguntou: "Vamos esperar as mortes começarem antes de mudar a relação com o celular?". Folha - Quais os riscos para a saúde de quem usa celular? Devra Davis - Se você segurá-lo perto da cabeça ou do corpo, há muitos riscos de danos. Todos os celulares têm alertas sobre isso. As fabricantes sabem que não é seguro. Os limites [de radiação] definidos pelo FCC [que controla as comunicações nos EUA] são excedidos se você deixa o celular no bolso.
Quais os riscos, exatamente?
O risco de câncer é muito real, e as provas disso vão se avolumar se as pessoas não mudarem a maneira como usam os telefones. Trabalhei nas pesquisas sobre fumo pa…

Câncer: uma doença de tempos muito remotos

Durante as escavações de uma colina de sepultamento na região russa de Tuva, há aproximadamente dez anos, os arqueólogos literalmente encontraram ouro. Encurvados no chão de uma sala interna havia dois esqueletos, um homem e uma mulher, cercados por indumentárias reais de 27 séculos atrás: toucas e mantos adornados com imagens de ouro de cavalos, panteras e outros animais sagrados.


Mas para os paleopatologistas — estudiosos de doenças antigas –, o tesouro mais rico era a abundância de tumores em praticamente todos os ossos do corpo masculino. O diagnóstico: o caso de câncer na próstata mais antigo de que se tem notícia.

A próstata em si já havia se desintegrado há muito tempo. Porém, células malignas da glândula haviam migrado seguindo um padrão familiar, deixando cicatrizes identificáveis. Proteínas extraídas do osso testaram positivo para PSA (sigla em inglês para antígeno prostático específico).

"Não existem razões para achar que o câncer é uma doença nova", disse Robert A…

Nanopartículas e nanotecnologia, uma realidade e um perigo

Quando começaram a fazer pequisas para utilizar as nanopartículas contra doenças como o câncer, conforme os pesquisadores da Rice University. Segundo eles, as nanobolhas estouram as células cancerosas e servirão, segundo os estudiosos para destruir as células doentes antes que a doença se espalhe pelo organismo. “Nanobubbles” destroem qualquer bloqueio de gordura existente em nossas artérias.
Um dos testes realizados com a bolha contou com anticorpos, que encontraram as células doentes e as destruíram, sem lesionar as saudáveis. Uma equipa de investigadores do Instituto Nacional de Engenharia Biomédica (INEB) publicou recentemente um artigo que descreve uma técnica capaz de reduzir substancialmente o tempo necessário ao desenvolvimento de nanopartículas terapêuticas.
Em outro estudo, segundo Ana Paula Pêgo, coordenadora do projecto, explicou ao «Ciência Hoje», o trabalho foi desenvolvido para terapia génica – procedimento médico que envolve a modificação genética de células como forma…

Licopeno e as frutas vermelhas

Na praça, na feira-livre e no laboratório de pesquisas. A melancia é uma fonte de vida fresca e doce. No corte afiado, mãos delicadas revelam mais um avanço científico. Em um laboratório da Universidade de Campinas (Unicamp), a engenheira de alimentos Kathleen Fullin acaba de descobrir novas fórmulas extraídas da generosa fruta, que brota nas quatro estações das terras brasileiras. Além de gostosa, o que ela tem? Madura, viva, cor de sangue. Sangue novo, capaz de proteger milhões de células!


"Esse vermelho é exatamente o licopeno!", conta Katlhleen.

Encontrado nos frutos vermelhos, o licopeno é cada vez mais admirado pela ciência. Pode ser na melancia, no tomate. O licopeno é mais do que uma dose de esperança. Por que será?

"Ele atua no combate aos radicais livres. É bem interessante para prevenção de câncer, especialmente o câncer de próstata", revela a pesquisadora. “Experimentei com iogurte natural, sorvete de morango, iogurte de frutas vermelhas. É possível a…

O fim dos cigarros até 2050: uma realidade que buscamos e queremos

O fumo é um produto que deve ser retirado do mercado pois não trás nenum benefício para o homem e apenas prejudica a quem está por perto, inclusive fica impregnado nas paredes de quem vai alugar um apartamento de um fumante por exemplo, um fumante passivo, ou seja que não fuma e sofre conseguências de outro de fuma sofre também as conseguências de quem tem esse vício, levando lentamente á formaçao de tumores no pulmão, e pos ser sem sintomas no início só aparece quando já está bem evoluído nos pulmões. Li essa notícia que fala sobre o futuro fim dos cigarros até 2050 e resolvi colocar aqui por que gostaria, espero e tenho a pretensão de informar a todos que acompanham e leem de vez em quando que vão ver pela primeira vez a necessidade de se exterminar de vez esse mal que o homem criou e na sua inconseguência pensando apenas no dinheiro não se preocupa com a saú de e qualidade de vida de seus semelhantes.

veja o artigo abaixo:

Hoje é difícil de imaginar, mas, segundo uma análise recent…

Os Benefícios do Chá Verde no combate ao Câncer

Seu uso iniciou-se entre monges budistas e atualmente representa 20% de todo chá consumido no mundo. Os japoneses costumam servir chá verde na entrada da refeição, com o objetivo de preparar o estômago para a digestão.

As catequinas são os principais compostos fenólicos presentes no chá verde e exercem vários benefícios para a saúde, dentre os quais podemos destacar:

Preventivo contra o câncer:

A prefeitura da cidade de Shizuoka observou em um estudo controlado, que nas áreas dedicadas a produção do chá verde, verificava-se uma incidência menor de todos os tipos de câncer, quando comparado com as outras regiões, principalmente o câncer gastrointestinal.

De fato, vários estudos como o realizado pelo Instituto Nacional do Câncer de Tóquio, demonstraram que a administração de chá verde diminuiu significativamente a incidência de câncer duodenal em ratos. Estes estudos demonstram que esse chá também pode ser um fator de prevenção do câncer em seres humanos.
O efeito quimiopreventivo do …