terça-feira, 14 de abril de 2009

AVELÓS OU "DEDINHO DE ANJO"


Cientistas e médicos brasileiros estão testando em humanos o potencial de uma planta africana para o tratamento do câncer. É possivelmente a primeira vez que o Brasil submete um medicamento dessa natureza, obtido em solo nacional, aos rigorosos testes médicos para a aprovação de uma nova droga.
A planta é a avelós (nome científico Euphorbia tirucalli), típica das regiões norte e nordeste do País. Sua ação medicinal já era mencionada na cultura popular, o que motivou a indústria farmacêutica a analisar sua ação em células em cultura e em animais.

Os resultados foram bastante promissores.
Ao que tudo indica, a substância age nas células do câncer induzindo a apoptose - uma espécie de suicídio celular. "É o que chamamos de morte celular programada", explicou ao G1 Auro Del Giglio, gerente do programa integrado de oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein e um dos coordenadores do estudo. "Em células normais, é um procedimento que acontece para a renovação das células, com as antigas dando lugar às novas. Mas nas células do câncer isso quase nunca acontece, e a idéia é exacerbar essa tendência."
Com isso, a droga tem o potencial para, se não fazer regredir, pelo menos conter ou reduzir o avanço da doença, induzindo a apoptose de muitas das células do tumor. Não custa lembrar que o câncer é basicamente um agrupamento de células que se rebelaram contra o corpo, multiplicando-se enlouquecidamente e consumindo os recursos do organismo todo em prol de seu próprio crescimento. Simples de descrever, dificílimo de tratar.
O tratamento tem muita gente que faz, tomar uma gotinha de manhã em jejum junto com um pedacinho de pão, no segundo dia duas gotinhas, e até quinze dias seguidos tomar duas gotinhas. quem tem a doença recomenda-se tomar sem parar até ficar curado(a). A gotinha dá um tipo de queimação no estô mago, mas é normal, não se pode aumentara dose porque faz mal, todo exagero faz mal, são apenas duas gotinhas e bem pequeninas.

Minha publicação sobre o aveloz saiu na revista Laes e Haes:

 http://www.laes-haes.com.br/index.php?edicao-205-a-utilizacao-de-aveloz-euphorbia-tirucalli-no-tratamento-de-cancer